fbpx
Início » Blog do Rico » Concurso do Senado Federal autorizado no DOU

Concurso do Senado Federal autorizado no DOU

Postado em 23 out 2019 em Blog do Rico

Para quem está prestando concurso esse ano, um excelente notícia: O Senado Federal autorizou a realização de um novo concurso! Um dos maiores e melhores concursos públicos do país teve a autorização divulgada nesse mês de Outubro, no Diário Oficial da União, e deve ter seu edital publicado ainda esse ano.

 

A previsão é de que sejam ofertadas 40 vagas para cargos de níveis médio e superior. Apesar do cumprimento da função acontecer em Brasília, a comunicação do Senado Federal confirmou em uma publicação em sua rede social que as provas serão realizadas em todo o país. As remunerações iniciais dos cargos ofertados devem variar de R$ 13.763,45 a R$ 35.114,14, além dos benefícios.

 

Também foram divulgados os nomes da comissão interna do concurso. Os sete servidores escolhidos terão a função de elaborar um projeto básico, além de escolher a banca organizadora do concurso. São esses: Beatriz Balestro Izzo; João Pedro de Souza Lobo Caetano; Kleber Minatogau; Leonardo Souza de Oliveira; Rafael Pimenta Weitzel; Roberci Ribeiro de Araújo e Rodrigo Galha.

 

 

► Os cargos

 

Dentre as 40 vagas, haverá oportunidade para o cargo de Policial Legislativo. O cargo requer nível médio e os vencimentos destes profissionais, que fazem parte da categoria de Técnicos Legislativos do Senado, podem variar de R$ 18.591,18 a R$ 22.259,21. As principais funções de um Policial Legislativo incluem “garantir a segurança e integridade física de pessoas e do patrimônio no Senado Federal; realizar o policiamento do edifício e dependências do Senado Federal, apurar infrações penais em detrimento de bens, serviços e interesses do Senado Federal ou praticados nas suas dependências”, entre outras.

 

Além disso, na área de Advocacia, serão abertas 4 vagas. Esses profissionais devem ter nível superior de educação e têm vencimentos que variam entre R$ 32.020,77 e R$ 35.114,14. Dentre suas funções principais estão: “prestar consultoria e assessoramento jurídicos à Mesa, à Comissão Diretora, à Procuradoria Parlamentar, à Corregedoria Parlamentar, à Secretaria-Geral da Mesa; à Diretoria-Geral e demais órgãos da estrutura administrativa da Casa”.

 

Já para os cargos das áreas de Administração e Processo Legislativo serão ofertadas 2 vagas para cada. Os candidatos a esses cargos deverão possuir nível superior completo e terão remuneração entre R$ 24.782,57 e R$ 28.087,90.

 

No caso dos cargos de Arquivologia; Assistência Social; Enfermagem; Informática Legislativa; Registro e Redação Parlamentar; Engenharia do Trabalho Engenharia Eletrônica e Telecomunicações e Contabilidade; haverá uma vaga para cada  função. Parte da categoria de Analistas Legislativos do Senado, os trabalhadores dessa área tem remuneração que varia de R$ 24.782,57 a R$ 28.087,90 e todos os cargos necessitam formação a nível superior.

 

 

► Publicação do Edital

 

É especulado que o edital do concurso deva ser publicado ainda em 2019. A realização do concurso público está em discussão na Comissão Diretora do Senado Federal, de forma que ele seja planejado e realizado de maneira correta e respeitando o Regimento Interno do órgão.

 

 

► Último Concurso Público do Senado Federal

 

O último concurso público aberto para o Senado Federal aconteceu em 2011. Na época, foram oferecidas 260 vagas e a Fundação Getúlio Vargas foi a banca responsável pelo concurso. Das vagas, 142 eram para áreas de Analistas Legislativos, 9 para áreas de Consultores Legislativos e 109 para áreas de Técnicos Legislativos – destas, 25 eram para Policiais Legislativos.

 

As provas aplicadas no último concurso foram diferentes para cada cargo, sendo divididas em fases distintas. Analistas Legislativos fizeram uma prova de duas fases, sendo a primeira uma prova objetiva e discursiva e a segunda aplicada apenas para a especialidade de Taquigrafia. Já os Consultores Legislativos fizeram uma prova objetiva, de múltipla escolha; seguida de uma prova discursiva e, por fim, passaram por uma avaliação de títulos.

 

Os Técnicos Legislativos fizeram um prova de múltipla escolha, com 70 questões, na primeira fase, e depois uma prova discursiva, composta de uma redação e uma questão discursiva. No caso específico de Policiais Legislativos, foram aplicados ainda um teste de aptidão física,uma avaliação psicológica e uma investigação social. Antes de assumir, os policiais precisaram ainda passar por um curso de formação de 80 horas/aulas, de caráter eliminatório.

Notícias Relacionadas

Curso Concurso EBSERH – Pós-Edital 2019: para todos os cargos do concurso

Muitos cargos para os Níveis Médio, Técnico e Superior com lotação em Florianópolis

Após mais de 100 aposentadorias, Polícia Federal quer concurso de nível médio

A Polícia Federal, que teve 114 aposentadorias em um ano, espera por um novo concurso para Agente Administrativo

Três editais lançados para o Concurso Prefeitura de Itapiranga/SC 

36 vagas são ofertadas para todos os níveis de escolaridade 

Concurso PM-PR e BM-PR: autorização concedida pelo governador

Concurso público prevê a abertura de 2.400 vagas para soldados no estado do Paraná

Cursos Relacionados