fbpx
Início » Blog do Rico » Está começando a estudar para concurso público? E agora?

Está começando a estudar para concurso público? E agora?

Postado em 12 mar 2020 em Blog do Rico

Se você perdeu a nossa live para quem está começando os estudos para concurso público, separamos algumas das dicas compartilhadas pelos professores Deborah Rico e Silmar Neckel para saber como se organizar na hora de iniciar os estudos.

 

Essas dicas vão te ajudar a saber por onde começar os estudos para concurso público. Não tenha pressa e não se pressione, preste atenção ao seu controle emocional e dê o primeiro passo. Vamos lá!

 

Confira os seis pontos a serem seguidos quando se inicia nos estudos para concurso:

 

1. Primeiro Passo

O primeiro passo quando se começa a estudar para concurso é decidir para qual área pretende se candidatar, em qual área você se visualiza atuando. É preciso que essa seja uma escolha pessoal. As pessoas ao seu redor podem sugerir diferentes opções, mas você precisa saber qual é a certa para a sua vida. É importante pesquisar sobre a carreira escolhida, entender quais são as funções do cargo e como é a vida nessa área para saber se encaixa com o que você projeta para o seu futuro.

 

O professor Silmar Neckel explica como é importante este primeiro passo de escolher a sua área: “Muitas vezes, temos alunos que passam no concurso público e eles ficam alguns meses, depois voltam. (…) É necessária essa visualização de ‘que carreira eu quero?’ e ‘o que eu me visualizo fazendo?”. Escolha o seu objetivo e o que você quer para a sua vida profissional.

 

 

2. Área de estudo

O segundo ponto é definir a sua área de estudo. Saiba responder o por quê da sua escolha de área: Por que quer trabalhar na Polícia Federal? Por que quer trabalhar na área jurídica? Por que escolheu essa área? Defina se sua área é a fiscal, policial, administrativa ou jurídica – esta definição irá te ajudar na hora de estudar, pois delimitará os conteúdos e disciplinas a serem vistos. Quando você define qual a sua área de estudo ou qual órgão público pretende trabalhar, sua estratégia de estudo se torna mais assertiva e você se prepara melhor para a prova.

 

A dica é começar a estudar pelas matérias base que são comuns a diferentes cargos. As disciplinas base são: português, raciocínio lógico, direito administrativo, direito constitucional, administração e informática. Estar capacitado nestas disciplinas já garante estar bastante preparado para a prova antes mesmo do edital sair.

 

 

3. Autoconhecimento

Na hora de começar a estudar para concurso, é fundamental você se conhecer, saber como você reage aos diversos estímulos de aprendizagem, qual o melhor horário do seu dia para estudar, o melhor ambiente e o melhor método de estudo. É importante saber o que funciona para você. O professor Silmar Neckel afirma que “o que funciona para Maria não necessariamente vai funcionar para João, isso serve para o horário de estudo – se você tiver a possibilidade de fazer a escolha de horários, veja qual é o melhor para você e faça – e serve também para as formas e técnicas para estudar”.

 

Se você está começando nos estudos e não tem esse autoconhecimento, a dica desse ponto é testar. Em um dia, comece a estudar mais cedo, e em outro, tente estudar até mais tarde; tente assistir aula em casa e tente aula presencial, faça diferentes testes para descobrir qual é a melhor escolha para você. A professora Deborah Rico reforça: “Tem exemplos e pessoas que a gente pode ver, se inspirar e tentar fazer igual, mas o que funciona para um, não necessariamente funciona para o outro”. Ter esse autoconhecimento é a forma mais eficaz de usar o seu tempo.

 

 

4. Pontos de atenção!

O primeiro ponto de atenção é o exercício do conhecimento teórico. Não adianta ler vários livros e assistir à várias aulas sem utilizar o conhecimento adquirido treinando ao responder questões. A professora Deborah deu a dica durante a transmissão ao vivo: “O estudo teórico é breve, você vai gastar mais tempo nas questões. A partir das questões, perceba o que não está conseguindo fazer e vá até a teoria buscar por que está certo ou por que está errado. Assim, você sabe onde focar”.

 

Estudar respondendo questões otimiza seu tempo, te ajuda a conhecer as bancas e os estilos de provas. Outro ponto de atenção importante é não deixar para estudar depois que sair o edital. Estudar para concurso público é um projeto a médio prazo, comece a se preparar antes do edital, lembre das matérias base. O próximo ponto de atenção é não dispersar seu foco em diversos concursos abertos. Foque em qual prova você quer fazer e estude voltado para ela, coloque a sua energia em alcançar o seu objetivo.

 

 

5. Planejamento e execução

É muito importante se planejar para estudar para concurso. Analise quanto tempo você tem para estudar, qual o melhor horário, qual matéria estudar e em qual horário. Se organizado previamente, você consegue passar por todas as disciplinas e diminui as chances de acabar revendo conteúdos por ser confortável e ter maior facilidade com eles. Siga a dica do professor Silmar: “Se você já tem facilidade naquela matéria, reduza um pouco o tempo de estudo nela e foque um pouco mais na qual que você tem maior dificuldade, porque é ela que está baixando a sua nota”. Tenha disciplina, marque o tempo de estudo e o que está estudando.

 

Comece aos poucos, com o básico, e siga aumente seus estudos ao longo do tempo. Um curso ajuda a acelerar esse processo, você pode optar por cursos mais completos, disciplinas isoladas, aulas EAD ou presenciais, e utilizar esse conhecimento a seu favor. Faça simulados para estudar e se preparar para a hora da prova, assim você consegue perceber o que precisa estudar mais e quais são os pontos que precisa melhorar – até mesmo em questões psicológicas. Também faça resumos e conheça qual o melhor estilo de resumo para você, seja escrever no caderno, fazer observações nas apostilas ou desenhar mapas mentais, opte pela sua preferida e use essa técnica a seu favor na hora de estudar. Os resumos serão seu auxílio na hora de fazer revisões para a prova e relembrar os conteúdos. 

 

 

6. Controle

Seja o seu próprio auditor. Controle seu tempo e seus estudos. Saiba quanto tempo você está estudando, quais horários e métodos estão gerando melhor resultado para os seus estudos e preste atenção em como você está se sentindo enquanto estuda. Confira se seu planejamento está saindo como o esperado, o que tem funcionado e o que não, e se adapte para obter o melhor resultado possível. Não desanime e faça este acompanhamento!

 

Segundo a professora Deborah Rico, “O seu planejamento dificilmente será executado perfeitamente. Uma semana você vai conseguir, na outra não. O normal é não conseguir. Mas o importante é você ter um norte e ir ajustando”. Se planeje e controle o seu planejamento.

 

Para conferir todas as dicas completas, assista à live no nosso canal do YouTube:

 

Notícias Relacionadas

Processo Seletivo Simplificado: Ministério da Pesca e Aquicultura

Preenchimento de 264 vagas temporárias para profissionais de nível superior

Concurso Senappen: 100 vagas temporárias para Nível Superior

Confira mais detalhes!

Concurso EBSERH: edital previsto para 2024!

Confira mais detalhes!

TRF 1: edital publicado!

Concurso Público destinado a 17 vagas e formação de CR para Analista Judiciário e Técnico Judiciário

Cursos Relacionados