fbpx
Início » Blog do Rico » Após mais de 100 aposentadorias, Polícia Federal quer concurso de nível médio

Após mais de 100 aposentadorias, Polícia Federal quer concurso de nível médio

Postado em 06 nov 2019 em Blog do Rico

Para quem tem o desejo de integrar o corpo da Polícia Federal, fique atento: a oportunidade pode estar próxima! 

 

Após um ano de expirada a validade do seu último concurso público para o cargo de Agente Administrativo, a Polícia Federal confirmou o pedido ao governo para a realização de um novo edital. Não foi especificada a quantidade de vagas que serão ofertadas, no entanto, o que se sabe é que cerca de 114 profissionais se aposentaram e precisam ser substituídos

 

 

A carreira de Agente Administrativo da Polícia Federal

 

O departamento de Polícia Federal (DPF) é uma instituição de segurança pública e policial subordinada ao Ministério da Justiça. O órgão é previsto na Constituição como permanente, instituído por lei, organizado e mantido pela União. 

 

Para exercer a função de um Agente Administrativo da PF é necessário possuir nível médio ou técnico de formação para uma carga horária de trabalho de 40 horas semanais. A área ocupada por esses profissionais na Polícia é chamada internamente como “área do meio”. Isso porque os agentes não fazem parte diretamente do trabalho de investigação policial.

 

Assim, os servidores administrativos podem trabalhar nas áreas de RH, patrimônio, financeiro, licitações, contratos e outras. Um dos exemplos de exercício dos agentes é o trabalho em delegacias de imigração (DELEMIG), fazendo a emissão de passaportes e atuando junto aos peritos. Além disso, entre muitas outras sessões, é possível trabalhar na Delegacia de Controle de Armas e Produtos Químico, contribuindo no processo de concessão de porte de arma.

 

Outra especificidade do cargo de Agente Administrativo tem relação justamente com o porte de armas de fogo. Por cumprir uma função administrativa na corporação, o Agente não tem direito a posse durante o exercício do serviço policial. Caso queira, o servidor pode fazer solicitação da mesma forma que um cidadão comum, cumprindo os requisitos determinados pelo Estatuto do Desarmamento. 

 

 

Remuneração do cargo de Agente Administrativo da Polícia Federal

 

Ao todo, a remuneração inicial dos profissionais é de cerca de R$ 3.774,77.

 

A remuneração inicial do servidor administrativo da Polícia Federal é composta pela soma do vencimento básico de R$ 2.043,17 mais o valor mínimo da Gratificação de R$ 1.273,60. Por fim, os servidores ainda recebem um auxílio alimentação de R$ 458,00.

 

O valor da GDATPF pode variar, ficando entre as cifras de R$ 1.273,60 e R$2.212,00. A gratificação depende de uma avaliação de desempenho, realizada individualmente com cada servidor. Essa avaliação é feita anualmente e contabiliza no máximo 100 pontos, de forma que cada ponto é equivalente a R$ 22,12.

 

 

Último edital aconteceu em 2013

 

O último concurso público para Agente Administrativo da Polícia Federal teve seu edital publicado em 2013 e foi homologado em 2014. Com validade de dois anos, o certame ainda foi prorrogado pelo mesmo tempo, até junho de 2018.  A corporação não tem mais, assim, cadastro de reserva válido. 

 

 

Aposentadorias desde o último edital 

 

Conforme dados divulgados no Painel Estatístico de Pessoal do Ministério do Planejamento, foram 114 saídas por aposentadorias, classificadas como voluntárias ou invalidez, registradas para a carreira de nível médio técnico da PF. Dessas, 31 foram submetidas no período junho a dezembro de 2018, enquanto as outras 83 aconteceram somente no ano de 2019.

 

 

Mais aposentadorias são esperadas pela corporação

 

Para agravar ainda mais o quadro de déficit da Polícia Federal, além de todas as baixas dos agentes administrativos, cerca de 20% dos servidores em exercício já podem se aposentar.

 

A federação realizou um estudo aprofundado sobre a atual carência na área de apoio, e a deficiência pessoal gira em torno de 5 mil funcionários. De cerca de 3 mil pessoas que integram o corpo interno da associação, 679 já estão em condições de pedir aposentadoria. 

 

 

Confirmado o pedido ao governo de novo edital

 

Devido a essa situação, um pedido foi feito ao governo e muito em breve pode acontecer um novo concurso público para a Polícia Federal. Nesse momento, a solicitação passa por análise no Ministério da Economia e aguarda aval. Caso o resultado seja positivo para a corporação, uma publicação no Diário Oficial da União formalizará a realização do novo certame. A expectativa é de que as vagas solicitadas contemplem várias carreiras da área administrativa.

Notícias Relacionadas

Curso Concurso EBSERH – Pós-Edital 2019: para todos os cargos do concurso

Muitos cargos para os Níveis Médio, Técnico e Superior com lotação em Florianópolis

Após mais de 100 aposentadorias, Polícia Federal quer concurso de nível médio

A Polícia Federal, que teve 114 aposentadorias em um ano, espera por um novo concurso para Agente Administrativo

Três editais lançados para o Concurso Prefeitura de Itapiranga/SC 

36 vagas são ofertadas para todos os níveis de escolaridade 

Concurso PM-PR e BM-PR: autorização concedida pelo governador

Concurso público prevê a abertura de 2.400 vagas para soldados no estado do Paraná

Cursos Relacionados